Raizes do Sentir
Pedagogia Terapêutica

Educação Holística & Saúde Integral

Artigo

Translate
Olá, sou a Mara Nunes e bem-vindo (a) ao meu Blog. Tem Duvidas E Precisa De Ajuda? Fale diretamente comigo pelo messenger

Melodias da Natureza – A Biodança da Vida!

As Melodias da Natureza

árvore.jpg

“ Respeitar e sentir as suas pulsações, ritmos, ciclos naturais despertando a essência e desenvolvimento integral da Criança e Eu interior”.

Na Biodança da Vida, movemo-nos no seio da Natureza abraçando sons, cheiros, cores, sabores e sentires que nos unem, no pulsar de cada novo nascimento.

Assistimos assim a um bailado em espiral de movimentos e percepções, que nos dão, através das suas ondas cíclicas, um ritmo harmonioso que nos eleva a cada respiração.

O cultivo consciente a cada novo ciclo de Nascimento, no bater do coração, na circulação sanguínea, a cada nova estação, neste vaivém de renovações de todos os processos vitais, prepara-nos para a capacidade do organismo de aguentar e suportar as exigências de acordo com as condições de vida, expressando vibrações e despertando todas as nossas vivências que estão vinculadas a três bioritmos fundamentais:

– alinhamo-nos e tentamos encontrar o nosso SER desde que nascemos com o nosso ritmo corporal, psíquico e mental. E de corpo e alma estabelecemos esta união dando cor e som a muitas das coisas que realizamos, pensamos e sentimos.

Estas três pulsações da vida estão presentes ao longo de toda a nossa caminhada pelo Universo de forma regular e profunda sendo a base de qualquer processo de adaptação possuindo uma função reguladora e flexível, desenhando a cada nova fase transformações e novos olhares que nos ajudam a definir a nossa personalidade.

Tal como encontramos na Mãe Natureza, os momentos de mudança marcam um novo espaço de tempo, por vezes, crítico, e com novos desafios propondo crescimento, segurança e estrutura fundamentais para a nossa harmonia interna e com o planeta.

O ritmo corporal que demora em média 23 dias, dá-nos a indicação de como a nossa energia se movimenta ao longo do tempo, e da forma como o nosso corpo reage a cada momento.

As nossas forças internas e externas de percepção e observação, o mundo dos nossos sentimentos, a intuição e a força criativa é determinada pelo nosso ritmo psíquico com 28 dias de forma geral, podemos observar que este ritmo é especialmente importante, tendo em conta, profissões ligadas à educação, saúde e na relação com o outro.

Afectando sobretudo a nossa capacidade de trabalhar e projectar com a mente, influenciando os campos vitais como a lógica, pensamento, o cognitivo, a capacidade de aprendizagem, o sentido de orientação (interna e externa), sentimos num campo mais profundo a presença do espírito no nosso bioritmo mental que é de aproximadamente 33 dias.

Ao descobrirmos o caminho dos ritmos e ciclos internos e externos diários, semanais, mensais e anuais, tomamos consciência da grande importância que ocupam na Dança da Vida, despertando novas consciências de adaptação, flexibilidade e percepção da nossa essência e da forma como nos movimentamos e expressamos no palco onde vamos construindo a nossa própria história, fortalecendo conscientemente a vontade e disponibilidade para a realização positiva e gratificante na aquisição de medidas e opções saudáveis de vida.

natureza
Dança da Vida

Esta experiência de conhecer o nosso bioritmo (pode ser calculado e apresentado em diagrama), é uma vivência pessoal que exige flexibilidade não obedecendo a padrões e estruturas rígidas, mas respeitando processos fluídos e dinâmicas integradas no meio envolvente. Vivendo em sintonia com o nosso ritmo desde o nascimento podemos despertar para o mundo que nos rodeia do qual somos parte integrante, para a responsabilidade pelo meio ambiente e processos naturais e assim, estarmos conectados com a Natureza, encorajando a estruturação de uma nova cultura familiar que respeite esses processos garantindo uma maior capacidade de adaptação e desfrutando de um estado de saúde estável e integral.

Respirando e Sentindo abraçamos as emoções que nos levam ao bem estar ou ao desconforto, consoante respeitamos os ritmos pessoais, promovendo a saúde ou a doença.

Devemos desde cedo respeitar e permitir que as crianças desfrutem dos ciclos naturais com regularidade expondo-as aos ritmos da Natureza (cheiro a chuva, ar livre, pressão atmosférica, observar as fases da lua, despertar e sentir o calor do Sol, adormecer com a lua).

Crescer em harmonia e crianças felizes, tranquilas e saudáveis, explorando as suas paisagens interiores, despertam os sentidos em união com os elementos naturais (Terra, Água, Ar, Fogo) num gesto abençoado de vinculação à Dança da Vida!

natureza
terra, fogo, ar e água

“ Os seres em harmonia com a Natureza vivem com algum ritmo: um “relógio interior” que os mantém em harmonia com o movimento do planeta. (Sabedoria Ancestral)

“Na Natureza tudo é ritmo, som, respiração, luz, vibração, estando tudo em movimento no Universo, precisamos só de escutar e sentir os ritmos e melodias da Natureza, olhando a Beleza do nosso SER”

Mara Nunes
Raízes do Sentir Pedagogia Terapêutica ®
( Agenda Lunar Foice de Prata 2016)
“Da Natureza do Vínculo ao despertar dos Sentidos” 

Deixe uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

© Copyright 2020. Raizes do Sentir Todos os Direitos Reservados  Termos e Condições e a Politica de Privacidade